Revista da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo

Online first

Revista Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo - Online first: 2022-01-03
Original article

Bethesda Thyroid Classification – a 6-year experience at Centro Hospitalar Entre Douro e Vouga

Reis A, Sousa M, Alves A, Cardoso F, Scigliano H

Abstract

Introduction: Fine-needle aspiration cytology is the most cost-effective method for selecting thyroid nodules for surgery. Bethesda's classification standardized the presentation of these cytological results in six categories, associated with a progressive risk of malignancy, allowing data to be compared between different centers, and better patient guidance. In an attempt to improve quality, it is recommended that each institution evaluates its own results. Aims: To review and analyze the results of thyroid cytologies performed between February 2013 and January 2019: the distribution by categories according to the Bethesda classification; the respective malignancy risk using the cyto-histological correlation, in operated patients; to evaluate the usefulness of repetition in nodules with “recommendation for repeat biopsy”. To compare our results with the published data. Material and methods: Retrospective study of thyroid fine needle aspiration cytologies performed between February 2013 and January 2019, at Centro Hospitalar Entre o Douro e Vouga. Correlation with histological diagnosis in patients submitted to surgery. Results: A total of 2543 thyroid fine needle aspiration were evaluated in 1952 patients (mean age 57 years, 87.1% women); 2173 correspond to the first approach, 325 the repetition, and 37 the second repetition. 365 patients (422 nodules) were operated on, of which 3.8% had malignancy. The percentage by category in the first cytology and the respective risk of malignancy were: 15.5% non-diagnostic with 1.5% malignancy; 73.3% benign with 0% malignancy; 4.7% atypia of undetermined significance with 3.9% malignancy; 3.2% suspected follicular cancer with 11.8% malignancy; 2.0% suspected of malignancy, with 93.0% malignant and 1.3% malignant with 89.3% malignancy. In the nodules with “recommendation for repeat biopsy” (non-diagnosis and atypia of undetermined significance) the first repetition had an adequate sample in 80.6% and 88.3% respectively, and considering the result of both repetitions, it allowed the diagnosis of benignity in 43.2% and 53.4% of these nodules. Conclusion: Our results of malignancy risk by category, and the repetition of cytology in the nodules with this recommendation are, in general, in accordance with the published data. Regarding the distribution by category, there should be an attempt to decrease non-diagnostic results.

Portuguese abstract

Introdução: A citopunção aspirativa da tiroide é o método mais custo-efetivo na seleção dos nódulos com indicação cirúrgica. A classificação de Bethesda uniformizou a apresentação desses resultados citológicos em seis categorias, associadas a um risco progressivo de malignidade, permitindo comparação de dados entre diferentes centros, e melhor orientação do paciente. Numa tentativa de melhoria da qualidade, é recomendado que cada instituição avalie os seus resultados. Objetivo: Rever e analisar os resultados das citologias da tiróide efetuadas entre fevereiro de 2013 e janeiro de 2019: a distribuição por categorias segundo a classificação de Bethesda; o respetivo risco malignidade usando a correlação cito-histológica, nos pacientes operados; avaliar a utilidade da repetição nos nódulos com “recomendação para repetição da biópsia”. Comparar com os dados da literatura. Material e Métodos: Estudo retrospetivo do resultado das punções aspirativas da tiroide efetuadas entre fevereiro de 2013 e janeiro de 2019, no Centro Hospitalar Entre o Douro e Vouga. Correlação com o diagnóstico histológico nos pacientes submetidos a cirurgia na instituição. Resultados: Avaliadas 2543 citologias aspirativas da tiroide, de 1952 pacientes (idade media de 57 anos, 87,1% mulheres); das 2543 citologias, 2173 correspondem à primeira abordagem, 325 a repetição, e 37 a segunda repetição. Foram operados 365 pacientes (422 nódulos), dos quais 3,8% com malignidade. A percentagem por categoria na primeira citologia e o respetivo risco de malignidade foram de: 15,5% não diagnósticos com 1,5% de malignidade; 73,3% benignos com 0% de malignidade; 4,7% atipia de significado indeterminado com 3,9% de malignidade; 3,2% suspeita de neoplasia folicular com 11,8% de malignidade; 2,0% suspeitos de malignidade, com 93,0% malignos e 1,3% malignos com 89,3% de malignidade. Nos nódulos com “recomendação para repetição da biópsia” (não diagnóstico e atipia de significado indeterminado) a primeira repetição teve uma amostra adequada em 80,6% e em 88,3% respetivamente, e considerando ambas as repetições, permitiu o diagnóstico de benignidade em 43,2% e 53,4% desses nódulos. Conclusão: Os nossos resultados de risco de malignidade por categoria, e da repetição da citologia estão de acordo com o publicado. Na distribuição por categoria, deverá haver uma tentativa de diminuição dos não diagnósticos.