Revista da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo

Online first

Revista Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo - Online first: 2019-08-11
Clinical case

Arruda A, Soares M, Anselmo J, Gomes F, César R

Abstract

Pediatric hyperthyroidism is rare and, in most cases, secondary to Graves' disease. Cardiomyopathy is a serious complication of thyrotoxicosis, associated with increased morbidity and mortality. Heart failure is one of the possible features of thyrotoxic cardiomyopathy which, in half of the cases, is associated with preserved cardiac function. In these cases, the congestive symptoms are multifactorial, more often secondary to the association of the hyperkinetic circulation characteristic of early hyperthyroidism with a tachycardia-induced cardiomyopathy. We present a clinical case of high-output heart failure in a young patient with no cardiovascular risk factors and with an occult Graves' disease. This case demonstrates the importance of acknowledging hyperthyroidism as a differential diagnosis of a cardiomyopathy of unknown etiology, particularly in the young patient, without cardiovascular risk factors.

Portuguese abstract

O hipertiroidismo em idade pediátrica é raro e, na maioria dos casos, secundário à doença de Graves. A cardiomiopatia é uma complicação grave da tireotoxicose estando associada a um aumento da morbilidade e da mortalidade. A insuficiência cardíaca é uma das formas de apresentação da cardiomiopatia tireotóxica que, em metade dos casos, está associada a fração de ejeção do ventrículo esquerdo preservada. Nestes casos, o quadro congestivo é multifatorial, mais frequentemente secundário à associação da circulação hipercinética característica do hipertiroidismo precoce e uma cardiomiopatia induzida pela taquicardia. Apresentamos um caso clínico de “insuficiência cardíaca” de alto débito numa doente jovem, sem fatores de risco cardiovasculares e com doença de Graves oculta. Este caso evidencia a necessidade de considerar o hipertiroidismo no diagnóstico diferencial de uma cardiomiopatia de etiologia desconhecida, particularmente no doente jovem, sem fatores de risco cardiovasculares conhecidos.